Enter your keyword

A esmo


O fruto maturou sangrando. 
O corpo entupiu as artérias, 
a casca ainda descansa verde. 
O que ficou de Salvador? 

A manga soltou da árvore, 
está dilacerada no farol. 
A fibra tingida de amarelo
envergonhou-se. 
O sorriso falhou aos fogos no céu. 
O que ficou de Salvador? 

Cristo Salvador. 
Salvador Dali. 
Salvador de todos os santos. 
Salvador de todos os pecados. 
Oh, pai, 
Salvai das dores o mundo.



Poema publicado também no Facebook VERDADEmATITUDE 
e no site Recanto das Letras (AQUI).


Nenhum comentário: