Enter your keyword

Ocidental


Sabe dissecar lagartixas e taxonomear
o grau de parentesco entre as formigas.
Sabe dos mistérios de fazer voar a borboleta
e de saltar o gafanhoto.

Sabe ser sensível à vida que flameja ao relento.
Sabe da autocirurgia, bastando ter em mãos
uma linha cortante e álcool 90.
Sabe da cura fitoterápica para o câncer.

Sabe reconhecer ao microscópio 
as nanopartículas da barata.

Saberia controlar as pragas do Egito,
mas, com pesar, 
sabe fingir a quem te sente.

Ah... 
se soubesse do feixe de elétrons 
do desamor...
da canção de Vinícius,
"Da tristeza que há nas preces. Que a chorar te faço eu".



Poema publicado também no Facebook VERDADEmATITUDE
e no site Recanto das Letras (AQUI).


Nenhum comentário: